Por que ler “Planolândia”?

Agora de volta ao mercado brasileiro, Planolândia é um clássico atemporal. Publicado originalmente em 1884 como uma sátira ao período vitoriano em que viveu Edwin Abbott Abbott, o livro usa conceitos matemáticos para criar uma sociedade bidimensional que desconhece a existência de outras dimensões. Povoado por figuras geométricas como triângulos, quadrados, círculos e linhas retas, o universo limitado de Planolândia é tudo o que seus habitantes conhecem. Até que um estranho visitante aparece por lá.

Além das ilustrações originais do autor, a edição da Tordesilhas conta com um “Prefácio à segunda edição revisada”, assinado pelo personagem fictício “o Editor”, pertencente à Espaçolândia, e um posfácio de Ana Rüsche, escritora e pesquisadora.

A obra, que continua relevante ao propor discussões de gênero, classe, entre outras, ganhou status de cult, servindo de inspiração para filmes e livros, além de ter sido citada em um divertido episódio da série The Big Bang Theory. Compilamos alguns links sobre o livro para vocês conferirem:

FLATLAND: THE MOVIE – TRAILER

THE BIG BANG THEORY – CLIP

ANA RÜSCHE CONVERSA COM O FÍSICO PEDRO GIL MARTINS VIEIRA SOBRE PLANOLÂNDIA (a partir de 1h 14min 46s)

Para saber mais sobre o livro, acesse o site da Tordesilhas.