Para ver depois de ler: filmes e séries sobre o mundo da moda

É impossível pensar em moda sem pensar em Chanel, Dior, Versace, Yves Saint Laurent, Armani. Nomes que construíram verdadeiros impérios e que até hoje são considerados exemplos de sofisticação.

Em Mademoiselle Chanel e o cheiro do amor, publicado em 2019, Michelle Marly reconstrói a vida da figura icônica Coco Chanel. Na efervescente Paris de 1919, no ápice de sua carreira, Gabrielle, como ainda era conhecida, sofre um revés: seu amante morre num acidente. Muitos temem que ela não consiga mais produzir, mas Chanel se renova com um projeto que lhe devolve a vontade de viver: a criação de um perfume que sintetize uma fragrância misteriosa e moderna, a combinação de muitos elementos, o cheiro do amor. Em sua busca pelo aroma perfeito, ela se inspira no perfume de Catarina, a Grande, e conhece Dimitri Romanov, príncipe russo exilado na França. Ao mesmo tempo em que se abre novamente para a vida, Gabrielle cria o Chanel N° 5, que se tornará o perfume mais famoso do mundo.

Mademoiselle Chanel e o cheiro do amor: A história do perfume mais ...

Pensando no fascínio que o universo da moda desperta em tantas pessoas, a Tordesilhas preparou uma lista de filmes e séries para assistir depois de ler o livro.

COCO ANTES DE CHANEL (2009)

(foto de divulgação)

Estrelando Audrey Tautou, a eterna Amélie Poulain, “Coco antes de Chanel” (2009) é um filme emocionante sobre a trajetória de Gabrielle até se tornar a lendária estilista, que revolucionaria a moda ao passar a se vestir costumeiramente com roupas consideradas masculinas na época, abolindo os espartilhos e adereços exagerados.

AMERICAN CRIME STORY: O ASSASSINATO DE GIANNI VERSACE (2018)

(foto de divulgação)

“American Crime Story” (2016-) é uma série baseada em crimes reais. Ao funcionar como minisséries independentes, a segunda temporada da série narra a história do assassinato de Gianni Versace pelo serial killer Andrew Cunanan, em 1997.

O DIABO VESTE PRADA (2006)

(foto de divulgação)

Baseado no livro de mesmo nome de Lauren Weisberger, “O diabo veste prada” estreou em 2006 com Anne Hathaway, Emily Blunt e Maryl Streep no elenco. O filme rendeu a Streep indicação ao Oscar de Melhor Atriz por seu papel como Miranda Priestly, a poderosa – e aterrorizante – editora de uma famosa revista de moda, personagem supostamente baseada em Anna Wintour, editora da Vogue nos Estados Unidos.

O TEMPO ENTRE COSTURAS (2013-2014)

Com a Espanha à beira da guerra civil, Sira Quiroga, uma estilista de Madri, muda-se para o Marrocos por amor, perde uma fortuna e acaba se tornando espiã dos aliados. Baseado no livro de mesmo nome escrito por María Dueñas, a série estrelada por Adriana Ugarte obteve enorme sucesso.

BONEQUINHA DE LUXO (1961)

Clássico da década de 1960 eternizado por Audrey Hepburn, “Bonequinha de luxo” narra a história de Holly Golightly, uma acompanhante de luxo que sonha em se casar com um homem rico e tornar-se atriz em Hollywood. Mesmo se passando mais de 60 anos após o seu lançamento, o filme continua uma referência em elegância, transformando o estilo de Hepburn em um clássico atemporal.